Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Beijo de Mulata

Beijo de Mulata

29
Abr10

[o rei vai nu] welcome to swaziland

beijo de mulata


Corria o ano da graça de 2003 (estou sempre a repetir-me, mas para quem só chegou agora, foi o meu ano dos encantos de primeira vez em África) e, depois de três semanas no meio da savana, na Casa do Gaiato, fui passar o fim-de-semana com uns amigos à Suazilândia, país minúsculo cuja distância entre fronteiras é mais ou menos equivalente à fila na A2 para Lisboa num dia de chuva (ok, ok, é um pouco maior... passa bastante mais que a segunda ponte do Feijó, vá...). Um país com contrastes violentos, montanhas lindíssimas, reservas naturais que são o paraíso do birdwatching, plantações de cana-de-açúcar a perder de vista e tradições inacreditáveis e anacrónicas que fazem as delícias dos amantes do National Geographic e o arrepio dos movimentos em defesa da dignidade da mulher. Por exemplo, todos os anos, mais de cinquenta mil virgens (!) vão em topless em romaria até ao palácio real oferecer uma cana-de-açúcar ao rei, numa cerimónia tradicional em que este escolhe uma delas como esposa - a poligamia, aliás, é aceite como natural e é regra em todo o país.

No final do primeiro dia fomos jantar ao Royal Swazi Sun Hotel e, à entrada, os meus amigos comentaram uns para os outros:
- Olha, está cá a família real.
Olhei para o lado e vi alguns homens de smoking, lado a lado com outros meio despidos, cobertos parcialmente com peles de animais, panos coloridos e com colares tradicionais ao pescoço. Choquei-me...
- Que horror, olhem como é que eles tratam os empregados, fazem-nos andar meio despidos como se fossem selvagens.

Os meus amigos olharam-me, boquiabertos, como quem tivesse acabado de perceber que eu era loira e, mesmo assim, não acreditava no que tinha acabado de ouvir...
- Mas os empregados são os que estão de smoking... a família real é que anda sempre despida. É o traje tradicional.

Sinceramente, acham-me capaz de ter adivinhado uma improbabilidade destas? Já só falta dizerem-me que o rei também vive numa palhota! Ah... Ai vive, é? Hum... Ok, pronto, é lá com ele. Estes Suazis são doidos!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub